O País – A verdade como notícia

Projecto Raízes e Cultura promove intercâmbio literário entre escritores de países de língua portuguesa 

Sob o lema “A língua é a minha verdadeira casa”, o Projeto Raízes e Cultura, que congrega escritores cujo o idioma usado para escrever suas obras é o português, vai decorrer de 14 a 16 de Dezembro. O intercâmbio constitui o primeiro encontro literário de língua portuguesa – “ Mapas da Língua.”

A iniciativa da Fundação Fé e Cooperação conta com a participação de autores da CPLP e vai decorrer no formato online, a ser transmitido nas páginas FECONGD e parceiros.

Dentre os autores da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa o destaque vai para o moçambicano Armando Artur, Vera Duarte, de Cabo Verde, Joana Bértholo, de Portugal, Luís Cardoso, de Timor-Leste e João Fernando André, de Angola.

O Encontro Literário da Língua Portuguesa terá como mote o papel da literatura na construção de uma comunidade.

Com este intercâmbio, o projecto pretende promover aprendizagem sobre a cultura local, semelhanças e constrangimentos no que concerne a literatura e a promoção e valorização da cultura, de uma forma geral; potenciar novos interesses e despertar novos horizontes e desafios no âmbito cultural em cada um dos países; potenciar novas oportunidades de desenvolvimento de trabalho e criação de sinergias e reforçar a advocacia para a importância da valorização da cultura, sobretudo da literatura e actividades com ela relacionada, na promoção da coesão, memória comum e identidade dos moçambicanos.

O Projecto Raízes e Cultura: “Empreendedorismo Cultural e Reforço da Identidade e Cultura Moçambicana” é implementado pela Fundação Fé e Cooperação em parceria com a Khandlelo – Associação para o Desenvolvimento Juvenil, financiado pela União Europeia e Camões.IP.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos