O País – A verdade como notícia

Projecto BRT reformulado por falta de financiamento

Depois de o Brasil ter anunciado a suspensão do financiamento a vários projectos em Moçambique, com destaque para o da construção dos corredores para o rápido escoamento de autocarros, BRT, o Município de Maputo continua sem fundos para implementar o projecto.

E está ciente das dificuldades em encontrar outro financiador, por isso decidiu reformular o BRT.

Assim, o custo do projecto BRT passou de 235 milhões para 40 milhões de dólares. Mas, mesmo assim, a edilidade não tem a verba.

O vereador para a área dos Transportes no Município de Maputo, João Matlombe, diz que a concessão de rotas é uma das saídas para o dilema dos transportes na qual os municípios devem apostar.

João Matlombe falava, esta sexta-feira, à margem da quarta sessão ordinária do Conselho Nacional da Associação dos Municípios de Moçambique.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos