O País – A verdade como notícia

Projecto Agro Mozal beneficia 430 produtores

Quatrocentos e trinta produtores de Boane e Namahacha serão directamente beneficiados pelo projecto AgroMozal de duração de dois anos, que foi lançado nesta quarta-feira, na província de Maputo.

AgroMozal é a continuidade de um projecto que durou quatro anos financiado pela Mozal com objectivo de ajudar a resolver os principais problemas que os produtores enfrentam.

A administradora da Fundação Soico (FUNDASO), Graciete Carrilho fez a apresentação detalhada do projecto, disse que a FUNDASO juntou-se a outras organizações que vão dar suporte técnico ao projecto.

Por sua vez, o governador da província de Maputo, Raimundo Diomba destacou que o projecto vai ajudar no aumento da produtividade, numa altura em que se pretende que a importação de produtos orgânicos de países vizinhos seja por preferência e não para suprir défice.

O lançamento do AgroMozal foi marcado pela assinatura de termos de compromisso entre a FUNDASO e os presidentes das associações de camponeses de Boane e Namaacha. E participaram da cerimónia os representantes do governo provincial, distrital e das autarquias, régulos, associação de camponeses e demais interessados.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos