O País – A verdade como notícia

Produtor nigeriano investe na música moçambicana

Chama-se George Beke e é produtor executivo musical nigeriano. Recentemente, lançou um novo projecto musical, denominado “GeobekStandard”, que visa mostrar a música, os artistas e a cultura de Moçambique para o mundo, assim como capacitar financeiramente os jovens artistas moçambicanos.

De acordo com uma nota de imprensa, esta não será a primeira vez que George Beke vai investir na cultura moçambicana, pois, em 2014, apostou em Laylizzy e Ellputo para promover o hip-hop moçambicano na indústria da música africana. Também ajudou a divulgar artistas, modelos e influenciadores moçambicanos nos vídeos do Laylizzy, que foram veiculados em vários canais de renome em África. Em Outubro de 2016, Beke fez com que Laylizzy participasse no programa “African Voices” da CNN África, onde falou sobre a sua carreira e do seu impacto como “a esperança da nação” moçambicana e também da sensação de ter sido um dos primeiros rappers africanos a ser verificado no Instagram.

O produtor Beke levou Laylizzy para representar Moçambique em eventos como: Mandela Day Concert, Coke Studio Africa e Castle lite Unlocks Moçambique e África do Sul, onde dividiu o palco com artistas africanos e internacionais como Future (EUA), Meek Mill (EUA), AKA (SA), Kwesta (SA ), Runtown (Nigéria) e Cassper Nyovest (SA).

Beke também patrocina o guarda-roupa de Laylizzy e Ellputo com grandes marcas. O produtor contribuiu para que Ellputo participasse na produção musical de grandes artistas africanos como Burna Boy, Runtown e do projecto africano “Tell Everyone“, que contava com participação de Diamond Platnumz, Yemi Alade, Sarkodie, Mafikizolo, Sauti Sol, Becca, Toofan e Cobhams Asuquo. Recentemente Beke teve um grande papel para a gravação da remix do hit “Yaba Buluku” de DJ Tarico com o conceituado artista nigeriano Burna Boy, que será lançado em breve e promete ter mais repercussão a nível internacional. “Quero fazer mais pela cultura, pelos artistas e produtores moçambicanos, assim como conquistar a confiança de todos e mostrar que Moçambique faz parte da minha visão“, disse Beke, para quem é uma grande emoção anunciar o interesse em envolver Moçambique no seu novo projeto “GeobekStandard”, que vai descobrir novos talentos e pegar em artistas de renome, que precisam expandir os seus trabalhos em África, remixar as suas músicas de sucesso com artistas de consagrados ou fazer ponte para que consigam ter novas colaborações, com o objectivo de colocar o nosso país no mapa.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos