O País – A verdade como notícia

Produção de carvão da Vale caiu 33% de 2019 para 2020

No quarto trimestre de 2020, a produção de carvão da Vale totalizou 1,2 milhões de toneladas (Mt), sendo que a produção global do minério conseguida pela empresa atingiu 5,9 milhões de toneladas em 2020, uma queda de 33 por cento face ao ano 2019, reflectindo assim os impactos negativos da pandemia COVID-19 na procura pelo produto. Em 2019, a produção foi de 8.7 milhões de toneladas.

De acordo com informação disponibilizada pela firma mineira que está em processo de desinvestir no negócio em Moçambique, no terceiro trimestre de 2020 sua produção foi de 1,4 milhões de toneladas. E no quarto trimestre de 2019, a produção atingiu 1,8 milhão de toneladas.

Os dados acima representam uma redução em termos globais da produção de carvão, tanto metalúrgico como térmico, da Vale de 33 por cento de 2019 a 2020 e nas vendas da empresa mineira, a queda, de um ano para outro, foi de 33,2 por cento, avança a publicação da empresa.

Após atingir um recorde de produção de carvão em Março, em comparação com os últimos 15 meses, a Vale desacelerou a produção em Moatize em Abril e interrompeu temporariamente a produção em Junho, quando os estoques na mina atingiram o limite de armazenamento.

“Devido ao projecto de manutenção da planta, a produção desacelerou e caiu 12,3% em comparação ao terceiro trimestre de 2020 (3T20), no entanto, os níveis de estoque suportaram o aumento das vendas do quarto trimestre de 2020 (4T20)”, refere o relatório.

O relatório sobre a produção e venda referente ao ano passado da firma mineira Vale mostra que os referidos trabalhos de manutenção na mina de carvão de Moatize, localizada na província de Tete, retomaram a 06 de Novembro do ano passado, após uma pausa em Março de 2020.

A manutenção devia ter iniciado em Março de 2020, mas observou atrasos devido aos efeitos da pandemia da COVID-19 que afecta não só o negócio do carvão, mas também o mundo todo. Trata-se de uma actividade prevista que termine até Março do ano em curso.

De acordo com o relatório sobre produção e venda da Vale de 2020, a primeira fase do projecto de manutenção, que inclui o manuseio de carvão e a revitalização da planta de processamento, está actualmente a ser executada no prazo.

Durante esse período, o fluxo de materiais, os serviços prestados e a movimentação de pessoas foram realizados sem maiores desafios, refere o documento publicado pela Vale.
“O início do ramp-up da mina e da planta está previsto para acontecer a partir do segundo trimestre de 2021 e deve durar até o final de 2021. A Vale espera atingir um run-rate de produção de 15 milhões de toneladas por ano (Mtpa) no segundo semestre de 2021”, prevê a empresa.

Importa lembrar que a Vale estima ter uma capacidade operacional total de 22 milhões de toneladas de carvão nas minas de Moatize.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos