O País – A verdade como notícia

PRM diz que matou para se defender dos criminosos

A Polícia explica que abateu nove supostos criminosos, semana passada, em resposta aos tiros que estes dispararam quando estavam a ser perseguidos pelos agentes e que intenção não era matar, mas sim neutralizá-los.

Depois de nas noites dos dias 14 e 15 de Novembro corrente, ter abatido seis indivíduos na entrada para o bairro de Khongolote, município da Matola, que supostamente tentavam assaltar um estabelecimento comercial nas proximidades do Estádio Nacional do Zimpeto e três na baixa da cidade de Maputo suspeitos de raptar um menor de oito anos de idade, a polícia veio, esta terça-feira, esclarecer que só disparou, porque os criminosos abriram fogo primeiro, mostrando resistência e que não havia intensão de matar.

‘’A olhar para a proporção do meio usado, em conformidade com a lei, a Polícia respondeu na medida certa recorrendo à arma de fogo. Infelizmente, do lado dos bandidos houve vítimas mortais. No caso em que se deu, observando a lei, a Polícia teve de abrir fogo e responder’’, referiu o porta-voz da PRM, Inácio Dina.

O porta-voz da Polícia da República de Moçambique falava na tarde de ontem durante a habitual conferência de imprensa semanal.

Acidentes de viação mataram 21 pessoas em todo o país
Ainda durante a semana de 11 a 17 de Novembro, o número de acidentes de viação subiu em oito casos, em relação ao igual período de 2016. O registo foi de 31 acidentes, contra 23 do ano passado, por consequência disso, 21 pessoas morreram nas estradas do país, 14 feridos graves, 10 feridos ligeiros e avultados danos materiais. A maioria dos acidentes resulta de atropelamentos, choques entre viaturas e choques contra obstáculos fixos. Excesso de velocidade, ultrapassagens irregulares, má travessia de peões e mudança irregular de direcção foram apontadas como as principais causas dos acidentes. Recorde-se que os acidentes de viação continuam a ser uma das principais causas de mortalidade no país.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos