O País – A verdade como notícia

Principais consultas hospitalares poderão ser feitas de tarde

As principais consultas hospitalares poderão passar a ser feitas também a tarde para reduzir enchentes e reclamações nas unidades sanitárias. Na visita que fez, hoje, a hospitais da cidade de Maputo, a ministra da Saúde, Nazira Abdula, foi confrontada com queixas sobre morosidade, por isso anunciou que o projecto que esteve em implementação piloto pode ser expandido.

Nazira Abdula começou por visitar o Hospital Geral de Chamanculo, para avaliar a qualidade do atendimento e funcionamento do hospital, onde constatou enchente nas filas bem antes do inicio dos atendimentos.
A interação com as mães, na maternidade, foi a prioridade da ministra, mas é no atendimento geral onde os pacientes falaram de um dos principais problemas do dia-a-dia, morosidade no atendimento.

A seguir a ministra escalou o Centro de Saúde do Bagamoio com o mesmo objectivo. Depois de visitar o hospital, foi interagir com os pacientes e ouviu a mesma reclamação.

Na verdade a passagem de parte das consultas para o período da tarde é um projecto que já estava a ser implementado de forma piloto em alguns hospitais.
Esta é uma iniciativa experimentada entre Setembro de 2016 e Agosto de 2017, em cinco hospitais das províncias de Maputo, Gaza e Inhambane, cuja fase de expansão inicia este ano.

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos