O País – A verdade como notícia

Primeiro-Ministro exorta conselho autárquico a replanificar atribuição de terrenos na Beira

O Primeiro-Ministro, Carlos Agostinho de Rosário, exortou hoje o conselho autárquico da Beira a replanificar a atribuição de terrenos naquela urbe sob risco de fazê-lo em terrenos propensos a inundações tal como está a acontecer no bairro Ndunda-2.

O Bairro Ndunda-2, uma zona de expansão, criado há cerca de quatro anos pelo conselho autárquico da Beira é neste momento a zona mais propensa a inundações. O Primeiro-Ministro, escalou neste sábado esta zona para se inteirar de perto da situação dramática vivida pelos moradores deste bairro no início desta semana na sequência das intensas chuvas que caíram em Sofala.

Carlo Agostinho de Rosário garantiu que o governo irá contactar o Conselho autárquico da Beira no sentido de se encontrar soluções para esta situação.

Ainda hoje o PM escalou a autarquia de Dondo, no bairro de Mandruzi, local identificado pelo governo para reassentar definitivamente as vítimas das cheias naquela cidade e na cidade da Beira.

Para o Ministro chegou o momento de união de esforços no sentido de se colocar um ponto final aos problemas resultantes de inundações constantes, ou seja um reassentamento virado para o desenvolvimento e não de aproveitamento político.

A visita do PM a Sofala no âmbito das intensas chuvas que inundaram  centenas de casas e obrigaram a criação de cinco centros de  reassentamento, termina neste domingo.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos