O País – A verdade como notícia

Primeiro trimestre termina no dia 14 e só haverá uma semana de férias

O primeiro trimestre do ano lectivo 2021, que decorreu com interrupções devido ao novo Coronavírus, termina no dia 14 de Junho e os alunos terão descanso de apenas uma semana. Por causa da pandemia, as aulas duraram 33 semanas, contra o normal de 38.

No dia 14 de Junho termina um trimestre feito em meio a receios e desafios impostos pela pandemia da COVID-19. “Se eu disser que foi fácil, estaria a mentir. As coisas não foram tão fáceis assim”, reconheceu Gilberto Reis, director da Escola Secundária Estrela Vermelha.

Não foi fácil porque o novo Coronavírus é exigente e para garantir o distanciamento social teve de se dividir o número de turmas por dois. “A minha experiência manda dizer que será difícil nós termos cumprido com os programas do primeiro trimestre. Teremos de fazer um esforço suplementar no segundo semestre”, admitiu Gilberto Reis.

Mas nem para todos foi assim. A escola secundária Francisco Manyanga conseguiu cumprir com o plano de aulas e está expectante em relação aos exames finais que estão em curso. “As aulas decorrem normalmente. O que tínhamos planificado neste trimestre já conseguimos cumprir e estamos, agora, na fase de avaliação”, disse Lúcia Coana, directora da Escola, num tom de missão cumprida.

O calendário escolar 2021 prevê férias do primeiro trimestre de apenas uma semana, ou seja, de 15 a 18 de Junho, sendo que o regresso do segundo trimestre está previsto para o dia 21. Sobre o tempo de descanso, as escolas consideram que não será bem assim. “É um repouso aparente porque os professores estarão a trabalhar. É uma semana que estaremos com os processos de avaliação. Então, não é repouso como tal”, sublinhou o director da Escola Secundária Estrela Vermelha.

Já os alunos, segundo Lúcia Coana, “levam para as férias uma bagagem para não se perder. O tempo é pouco. Então, temos que aproveitar esse período para acelerar o cumprimento do calendário”.

Os testes, para os alunos, estão a decorrer tranquilamente e espelham tudo que foi leccionado.

“Tive algumas dificuldades em disciplinas como matemática, física e química, mas nada que não fosse superado”, indicou Luís Jeremias, aluno da Escola Secundária Estrela Vermelha.

Os alunos da Escola Francisco Manyanga alinham, mas com mais optimismo: “O teste foi muito fácil porque eu estudei muito e me esforcei”, afirmou Ken Lampião.

Ficaram em casa por quase um ano sem aulas presenciais, mas os alunos consideram que as férias dispensáveis a avaliar pelo tempo perdido. “Uma vez que nesse primeiro trimestre estamos a estudar coisas da nona classe, o que não estudámos no ano anterior, por mim que não parássemos”, opinou Mariamo Amade da Escola Secundária Estrela Vermelha,

Da mesma opinião partilha Iracema António da Francisco Manyanga: “Por mim, não faríamos uma interrupção porque nós ficámos um ano em casa, tínhamos que continuar a estudar até ao fim do ano lectivo”.

O calendário escolar prevê para 21 de Junho a 03 de Setembro o arranque do segundo trimestre e o terceiro de 13 de Setembro a 19 de Novembro de 2021, sendo que as férias serão de 10 dias. O encerramento do ano lectivo 2021, composto por 33 semanas, está previsto para 18 de Dezembro.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos