O País – A verdade como notícia

Presidente guineense acusa três narcotraficantes de tentativa de golpe

Foto: DW

O Presidente da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló, acusou o ex-chefe da Marinha Bubo Na Tchuto e outros dois homens , condenados nos EUA por tráfico de droga , de serem os responsáveis pelo ataque ao Palácio do Governo, a 1 de Fevereiro.

São eles José Américo Bubo Na Tchuto, líder da Marinha na primeira década dos anos de 2000, Tchamy Yala, também ex-oficial, e Papis Djemé.

De acordo com a DW, os indiciados foram detidos após os acontecimentos da semana passada. “Não estou a dizer que são os políticos que estão por trás disto, mas a mão que carrega as armas é de pessoas ligadas aos grandes cartéis de drogas”, disse Umaro Sissoco Embaló.

O Presidente da Guiné-Bissau lembrou que todos os três homens tiveram problemas com a justiça norte-americana.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos