O País – A verdade como notícia

Presidente e primeiro-ministro de transição do Mali libertados

O Presidente do Mali e o primeiro-ministro de transição, presos na segunda-feira e demissionários, de acordo com os militares, foram libertos durante a noite, disse um oficial militar à Agência France-Presse (AFP).

“O primeiro-ministro e o presidente de transição foram libertos por volta das 01h30 (horário local). Mantivemos a nossa palavra”, disse, sob condição de anonimato.

De acordo com o “Notícias ao Minuto” diversos membros da família confirmaram a libertação.

Os dois homens voltaram para casa, em Bamako, sem que as condições para a sua libertação tivessem sido especificadas, acrescenta a AFP.

A libertação foi uma das reivindicações da comunidade internacional face ao que corresponde ao segundo golpe de Estado no Mali, em nove meses.

O homem forte no poder do Mali, o coronel Assimi Goita, fez com que o Presidente, Bah Ndaw, o primeiro-ministro, Moctar Ouane, mas, também, o novo ministro da Defesa, que tinha acabado de ser escolhido, bem como outras personalidades de destaque, fossem presos na segunda-feira.

O coronel Goita acusou-os de terem formado um novo Governo, sem o consultar enquanto vice-presidente encarregado das questões de segurança, um papel fundamental, num país em turbulência e com violência de todos os tipos, incluindo ‘jihadistas’.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos