O País – A verdade como notícia

Presidente da República enaltece papel de Dom Alexandre na pacificação de Moçambique

O Chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, endereçou, esta noite, uma mensagem de condolências pelo desaparecimento físico do Cardeal Dom Alexandre José Maria dos Santos, Arcebispo Emérito da Arquidiocese de Maputo. Filipe Nyusi diz que Dom Alexandre “encarnou um elevado sentimento patriótico ao aderir ao processo de pacificação de Moçambique”.

Num comunicado de imprensa a que o “O País” teve acesso, o Presidente da República diz que, com a morte de Dom Alexandre, Moçambique perde um dos seus melhores filhos, que se destacou no mundo pelo seu empenho para o bem da humanidade, independentemente da posição social, raça, ou outras formas de distinção.

Ainda na nota, Filipe Nyusi destacou as qualidades que identificavam o Cardeal.

“O seu humanismo, alto sentido de ética e cidadania fizeram do Cardeal Dom Alexandre um combatente do mundo e para o mundo, que apostou na educação dos cidadãos como um meio de promoção da igualdade, fraternidade entre os Homens”.

Ainda sobres as qualidades do Cardeal Dom Alexandre José Maria dos Santos, o mais alto representante do Estado moçambicano reconheceu o papel que o finado desempenhou no desenvolvimento e alargamento da rede de ensino superior no país.

“Foi imbuído desses valores universais que Dom Alexandre impulsionou a criação de instituições de Ensino Superior da Igreja Católica, assim como a Congregação das Irmãs Franciscanas de Nossa Senhora Mãe de África, da Arquidiocese de Maputo, que apostam no ensino humanista para a construção de um mundo cada vez mais justo e harmonioso”, refere o PR na nota.

“Descanse em paz, Cardeal!”, desejou Filipe Nyusi.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos