O País – A verdade como notícia

Presidente da Comunidade Mahometana em Maputo demite-se

Foto: O País

O presidente da Comunidade Mahometana demitiu-se, colocando fim à crispação que havia no seio do grupo e que impedia a realização de eleições. Saleem Karim diz que colocou o lugar à disposição a bem da instituição.

O ambiente tenso que caracterizava a Comunidade Mahometana, na Cidade de Maputo, pode ter chegado ao fim e, ao que tudo indica, abrem-se portas para a realização de eleições, há mais de dois anos aguardadas pelos membros e sócios.

Através de uma nota datada de 31 de Maio passado, o presidente da organização, das mais influentes e respeitadas no país, Saleem Karim, resignou e justificou a sua decisão com a necessidade de restaurar o bem.

“Por iniciativa própria e aconselhado pelos sócios e pela minha direcção, para o bem da instituição (…), dispenso o meu lugar e coloco-o à vossa disposição, como presidente e que seja convocada uma assembleia-geral para a nomeação de uma comissão de gestão”, lê-se na nota dirigida ao vice-presidente da assembleia-geral.

A demissão de Saleem Karim segue a uma providência cautelar que orientava a Comunidade Mahometana a abster-se de realizar eleições.

Aliás, a Comunidade Mahometana foi notificada a comparecer, esta quinta-feira, no Palácio da Justiça, em Maputo, segundo um documento a que “O País” teve acesso.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos