O País – A verdade como notícia

Preços aumentaram 3.52% em Dezembro

Os preços de bens e serviços aumentaram 3.52% em Dezembro de 2020, mostra o Instituto Nacional de Estatística (INE). Nampula foi a cidade mais cara do ano.

Os preços não pouparam o bolso do cidadão no fecho do ano passado, mais concretamente em Dezembro, mês do Natal e do Réveillon. O Instituto Nacional de Estatística revela que o custo de vida subiu 3.52%. É o segundo maior aumento de 2020, depois de 3.55%, registado em Fevereiro.

Em termos acumulados, ou seja, de Janeiro a Dezembro do ano passado, a cidade de Nampula foi a mais cara, com uma subida do nível geral de preços na ordem de 4.28%, seguida das cidades da Beira com 4.09% e de Maputo com 2.93%.

Os produtos com maior subida de preços em 2020 foram: o peixe fresco, carapau, óleo alimentar, os veículos automóveis ligeiros novos, as refeições completas em restaurantes, o coco e a cerveja, com um contributo de 2.03 pontos percentuais.

Olhando apenas para o mês de Dezembro, destaque vai para o aumento dos preços do tomate (12.2%), coco (32.2%), da galinha (15.3%), cerveja (3.8%), das refeições completas em restaurantes (1.3%), do frango (6.1%) e da couve (14.0%).

“Entretanto, alguns produtos com destaque para a gasolina (1.4%), os vestidos para senhoras (6.4%), o carapau (0.8%), o limão (22.0%), o gasóleo (1.2%), as cadeiras (2.1%) e os cigarros (1.2%), contrariaram a tendência de aumento”, mostram dados recolhidos pelo INE nas cidades de Nampula, Beira e Maputo.

Em relação a Dezembro de 2019, os preços dos serviços desportivos, recreativos e culturais destacaram-se no mês passado, com agravamento na ordem de 17.08%, seguido da aquisição de veículos (10.35%). Para o cálculo do custo de vida, ou seja, da inflação, o INE usa o Indice de Preços no Consumidoros (IPC).

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos