O País – A verdade como notícia

Preço do algodão aumenta 1.30 por cento

O preço de algodão poderá conhecer um crescimento na ordem de 1.30 por cento, passando dos actuais 23 para 23.30 meticais, segundo a proposta avançada na última sexta-feira em Tete durante um encontro que juntou o governo, produtores e comerciantes.

Foram cerca de cinco horas ininterruptas em que o governo, produtores e compradores de algodão estiveram envolvidos na discussão da nova tabela a afixar-se na comercialização daquele produto de geração de rendimentos. Depois, veio através do ministro da Agricultura e Segurança alimentar, o anúncio do preço a vigorar na presente campanha.

Higino de Marule, reconheceu na ocasião que a proposta do preço não compensa o esforço dos produtores, mas garantiu que um diálogo permanente entre os intervenientes da cadeia de valor de algodão, tal como aconteceu em Tete, pode vir a satisfazer os homens que trabalham a terra.

“A presente proposta de preços ainda longe de ser a ideal constitui uma base sólida para o equilíbrio do interesse das partes intervenientes e sustentabilidade do negócio ao longo da cadeia de valores do algodão”, disse de Marule.

O preço cuja proposta foi apresentada na última sexta-feira em Tete, é sujeito a aprovação pelo governo.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos