O País – A verdade como notícia

Prazo para regularização de campas e jazigos estendido por mais 120 dias

Depois da situação das enchentes e incumprimento de medidas de prevenção da COVID-19 no processo da regularização de campas e jazigos, o Conselho Municipal de Maputo anunciou esta sexta-feira, em Conferência de Imprensa, a prorrogação do processo por 120 dias. A afluência massiva dos munícipes aos cemitérios ditou a decisão.

“Nós vamos trabalhar interruptamente contando os 120 dias que estamos a fazer a propagação”, disse a vereadora para área de Saúde e Acção Social do Município de Maputo, Alice de Abreu.

No entanto, face à desorganização que reina no atendimento aos utentes e por forma a evitar enchentes nos cemitérios, tal como o “O País” constatou, no Cemitério de Lhangueme o processo passa a contar com novas regras.

“Este processo será realizado nos sete distritos municipais, só deverá dirigir-se ao cemitério aquela família que receber a mensagem a informar o dia e a hora que deve dirigir-se ao cemitério, a marcação será feita em intervalos de tempos para evitar que haja aglomerados nos cemitérios ”, disse a vereadora.

Em relação às dúvidas sobre as taxas para regularização do processo, o município esclarece que existem duas modalidades de taxas, uma corresponde à renovação de coval e a outra para manutenção das campas, e que os valores são pagos quando se está numa situação irregular para as duas situações.

“Com relação à renovação do coval, até o ano cinco não é pago nenhum valor. Do ano seis até ao ano 15, que são 10 anos, o valor pago é de 1.500 meticais. Do ano 16 até ao ano 25 é de 3.000 meticais. Do ano 26 ao ano 50, o valor pago é de 5.000 mil meticais. Com relação à manutenção das campas, pode ser feito em cimento, o valor é de 1.000, pode ser feita em mármore, o valor é de 2.000, ou pode ser feita em jazigo ou mausoléu no valor de 5.000”, explicou Alice de Abreu.

Até ao momento, a edilidade atendeu pouco mais da metade das pessoas esperadas para a regularização das campas dos seus ente queridos, ou seja, 4.649 munícipes no cemitério de lhanguene e 375 munícipes em Michafutene, de um total de 10 mil campas previstas.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos