O País – A verdade como notícia

Práticas nocivas a pesca reduzem recursos marinhos na Ilha de Moçambique

Escasseiam cada vez mais os recursos marinhos na Ilha de Moçambique em Nampula. A falta de regras de conservação marinha, a pesca luminosa, industrial e artesanal com práticas nocivas são apontadas como as principais causas que destroem os recursos que são a principal fonte de renda das famílias.

Para quem sempre viveu da pesca, o actual cenário é complicado e péssimo. Cassimo Abdul Remane, presidente da associação dos pescadores refere que tem tentado alertar os diferente segmentos sobre a necessidade de preservação dos recursos marinhos, pórem sem sucesso.

O projecto Okapelela juntou diversas entidades neste evento que serviu para partilha de ideias sobre possíveis soluções para o problema que está a deixar muitas famílias sem a habitual renda.

A Ilha de Moçambique a primeira capital do país celebrou duzentos anos da sua existência em setembro do ano passado.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos