O País – A verdade como notícia

Poucas mulheres aderem ao planeamento na Zambézia

O sector da saúde está preocupado com o facto de poucas mulheres na Zambézia procurarem serviços de planeamento familiar. Este ano, o planificado era atender mais de 120 mil mulheres, mas apenas 23% é que procurou aqueles serviços.

Administradores distritais estão reunidos com mulheres de modo a estudar plataformas para realizar acções locais com vista a que as mulheres adiram aos serviços de Planeamento Familiar.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos