O País – A verdade como notícia

População “pontapeia” prevenção da COVID-19 em Montepuez

“Não existe COVID-19 em Montepuez, Cabo Delgado”. Esta é a primeira imagem que se tem da vila, pelo facto de quase nenhum dos residentes usar máscara em via pública.

A vida corre na normalidade, agitação aqui e acolá, não fosse a equipa do “O País” a lembrar que a pandemia é ainda uma realidade.

As pessoas usavam máscaras quando se percebessem que estavam para ser entrevistadas sobre o desrespeito às medidas de prevenção da COVID-19.

“Esqueci-me. Todos os dias custumo trazer máscara, mas hoje esqueci-me”, defende-se Martins Paulino, que é vendedor no mercado local de Montepuez e o encontramos a exercer normalmente a sua actividade. Aliás, Paulino esqueceu-se da máscara, mas a imagem mostrava que quase todos tinham tido problemas de memória no que à prevenção diz respeito.

Ouvimos um mototaxista que estava na escala de carregamento no parque reservado à actividade e a desculpa foi a mesma.

“Coincidiu que, hoje me esqueci”, argumenta Taje Raisse. Coincidiu também nos semi-colectivos, onde sequer há exigência do uso da máscara, tal como disse-nos o cobrador de um dos transportes, de nome António Sualé.

É o ambiente de cada um por si, que se vive no local. Colocando ou não a máscara, para muitos não faz diferença, só se teme a doença e à Polícia, quando se sabe que o transporte aproxima-se no posto de controlo.

“A Polícia custuma exigir quando chegamos ao controlo. Aí todos colocam”, diz Sualé.

O vulgo “MyLove” é, também naquela cidade, uma realidade e com a mesma falta de precaução que caracteriza os outros transportes. Enfim, a vida corre, os casos da COVID-19 aumentam, mas fiscalização é nula em Montepuez.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos