O País – A verdade como notícia

Polícia força retirada dos vendedores em “Xikhelene”

O dia começou tenso na praça dos combatentes, vulgo "Xikhelene", algures da capital moçambicana, Maputo.

Logo nas primeiras horas já se via a agitação dos vendedores informais que tomaram de assalto os passeios para o comércio.

Por ordem (aviso) da edilidade de Maputo, os vendedores informais tinham até ao dia ontem (28.04.19), o prazo limite para desocupar os passeios no "Xiquelene".

Esta segunda-feira, por volta das 10 horas, a força conjunta (Polícia Municipal e a de Protecção) forçou a retirada das bancas e o encerramento das lojas.

A operação gerou uma confusão, que resultou em disparos de balas de borracha e detenção de um comerciante, que mostrara resistência.

Na lupa dos factos, O País tentou sem sucesso obter o posicionamento dos homens da lei. Aliás, os agentes limitaram a captação das imagens.

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos