O País – A verdade como notícia

PM empossa novos dirigentes da COMAL, APIEX e TVM

Foto: O País

A Comissão de Mediação e Arbitragem Laboral (COMAL), a Agência de Investimento e Explorações (APIEX), e a Televisão de Moçambique (TVM) têm novos dirigentes, empossados, ontem, pelo Primeiro-Ministro, Carlos Agostinho do Rosário, que exigiu melhorias nas três instituições e apontou algumas que para si são cruciais.

Olga Manjate, Custódia Paude e Élio Jonasse são, desde esta segunda-feira, os novos timoneiros da Comissão de Mediação e Arbitragem Laboral, da Agência de Investimento e Exportações e da Televisão de Moçambique, respectivamente.

A cerimónia de tomada de posse foi dirigida pelo Primeiro-Ministro, Carlos Agostinho do Rosário, que exigiu mudanças que geram resultados significativos em cada um dos sectores.

“Estamos confiantes de que cada um de vós saberá dar o melhor de si para o contínuo crescimento das instituições que doravante passam a integrar e a dirigir”, disse o Primeiro-Ministro.

Para a Comissão de Mediação e Arbitragem Laboral, Carlos Agostinho do Rosário defende a preservação do princípio de transparência e celeridade processual na resolução de conflitos laborais, tendo acrescentado que é importante a estreita observância da legislação em vigor, bem como assegurar maior proximidade entre as partes em conflito.

Por sua vez, os recém-empossados prometeram dar continuidade aos princípios de cada instituição e contribuir para o desenvolvimento das mesmas.

“Como COMAL, temos o desafio de continuar na luta contra conflitos laborais, sobretudo, neste momento com a pandemia da Covid-19”, disse Olga Manjate, presidente da COMAL.

O Primeiro-Ministro acrescentou ainda que a APIEX deve continuar a desenvolver acções que garantam que Moçambique seja destino privilegiado do investimentos estrangeiros e continuar igualmente focalizada no desenvolvimento de acções que garantam oportunidades de negócios existentes no país.

“Queremos continuar na promoção das exportações nacionais, do investimento público-privado. Vou-me focar nisto”, declarou a directora-geral adjunta da APIEX, Custódia Paunde.

Na ocasião, o Primeiro-Ministro endereçou palavras de apreço e reconhecimento do trabalho feito pelos dirigentes cessantes.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos