O País – A verdade como notícia

Pfizer está a desenvolver uma vacina como resposta a ómicron

Foto: Pfizer

A Pfizer já começou a desenvolver uma nova versão da sua vacina contra a nova variante da COVID-19, ômicron. A farmacêutica está, neste momento, a analisar a eficácia da substância face à nova estirpe de modo a determinar a necessidade de alguns ajustes.

A Pfizer já criou anteriormente duas novas versões da sua vacina em menos de cem dias, contra as variantes delta e beta, que acabaram por não ser usadas e agora pretende produzir uma vacina em 30 dias para frear a nova estirpe, denominada ômicron.

De acordo com o presidente da Pfizer, Albert Bourla, o modelo de ADN, que é a primeira etapa de desenvolvimento de uma nova vacina, já está pronto e, caso se prove que a actual vacina não é eficaz, a farmacêutica vai iniciar, na sexta-feira, a produção de uma nova.

O presidente da farmacêutica acrescenta ainda que os testes devem estar concluídos em duas semanas e o prazo de produção da nova substância passa dos actuais 100 dias para o máximo de um mês.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos