O País – A verdade como notícia

Pesca rendeu 370 milhões de meticais no ano passado

O sector pesqueiro em Moçambique contribui com 370 milhões de meticais em receitas de exploração para os cofres públicos em 2018, superando a média anual de 120 milhões de meticais até 2015.

Esse aumento assinalável, segundo o Ministério do Mar, Águas Interiores e Pesca, deveu-se a aplicação efectiva de medidas de gestão das pescarias, desenvolvimento do capital de conhecimento, concessão de apoios em crédito aos produtores e a construção de infra-estruturas de apoio à pesca.

“Estamos satisfeitos com os progressos assinalados, mas não conformados, porque o enorme potencial das pescas do país existe, ainda por explorar e a pobreza no seio das comunidades”, disse Agostinho Mondlane, ministro do Mar, Águas Interiores e Pesca.

Em termos de produção, o Plano Económico e Social (PES) de 2018, aponta para uma produção de cerca de 400 mil toneladas de pescado diverso, dais quais 92% da pesca de pequena escala e artesanal, que emprega mais de 200 mil pescadores.

Estes níveis de captura representam um crescimento em cerca de 6 por cento, comparativamente a 2018. As exportações situaram-se nos cerca de 15 mil toneladas, correspondendo a um crescimento de 2%.

Refira-se, que com essa produção, a taxa média anual de crescimento, no período de 2015 a 2018, evoluiu para 14%, contra os 10% do quinquénio anterior. O consumo per capita de pescado passou de 11 quilogramas em 2014, para 16 quilogramas em 2018.
 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos