O País – A verdade como notícia

Perto de três mil zimbabweanos atravessaram a fronteira de Machipanda

A Fronteira de Machipanda, junto do vizinho Zimbabwe está a registar um movimento incomum nos últimos dias. A nossa reportagem escalou aquele posto fronteiriço e constatou que perto de três mil cidadãos atravessaram a fronteira desde o natal a esta parte onde grosso número são zimbabweanos que vem a Moçambique para efectuar compras.

As enormes filas são compostas maioritariamente por Zimbabweanos que devido a crise económica que assola o seu país, vem a Moçambique com o principal objectivo de efectuar compras, sobretudo de produtos de primeira necessidade. Harm Frey Mbara saiu de Harare para Manica, num troço de 280 quilómetros para adquirir único saco de arroz.

“Aqui além de barato, tem produtos de qualidade. No Zimbabwe passamos fome”
“Viemos comprar aqui porque os preços são baixos, por isso preferimos atravessar fronteira”.

Alguns zimbabweanos atravessam a fronteira de forma clandestina. Vai daí que o comandante provincial da PRM reuniu com as diferentes sub-unidades policiais, com destaque para Policiais de Guarda Fronteira para apertarem o cerco de modo a se evitar a violação de fronteiras.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos