O País – A verdade como notícia

Período de restrições devido à COVID-19 em “Crónicas de emergência”

Foto: O País

“Crónicas de emergência” é o título do novo livro do escritor Elcídio Bila. A obra é uma novela em jeito de crónica, que recorda o período do Estado de Emergência que vigorou durante a pandemia da COVID-19.

O livro é resultado de uma junção de crónicas publicadas nos últimos meses na imprensa, uma reacção literária que coloca em cena um casal que vive na dinâmica do isolamento social. Ainda que a história se concentre na Cidade de Maputo, o autor acredita que a reflexão registada na sua obra se exterioriza-se em todo o país.

“Acredito que há momentos que podemos reflectir tendo em conta que a história se cinge num casal que vive num momento de isolamento, um momento em que não podia sair e, consequentemente, começaram conflitos, vários dramas que se passam entre este casal que tem crianças menores”, explica

Para Crimilde Fernandes, apresentadora da obra, além do drama vivido pelo casal de personagens, a obra reflecte o impacto que a COVID-19 trouxe universalmente.

O livro de Elcídio Bila é também parte da celebração dos dez anos da Kuvaninga cartão d’arte que lança mais um livro no formato de cartão.

Elcídio Bila trabalha com comunicação e marketing na Tindziva – Comunicação & Ideias. É director do projecto Entre Aspas; co-fundador e coordenador da Kuvaninga cartão d’arte – plataforma moçambicana de produção de livros e outros artefactos com capas de cartão reaproveitado – e director de programas na Associação Cultural Nkaringanarte. Colabora com a Revista +Jovem. Tem publicado críticas e crônicas na imprensa nacional e internacional. É autor da colectânea de contos “Xiphefu” (2013). “Crónicas de Emergência” (2022) é o seu segundo livro.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos