O País – A verdade como notícia

Perfil dos candidatos à presidência dos Estados Unidos de América

Donald Trump e Joe Biden concorrem à presidência nos Estados Unidos de América. Conheça o perfil dos candidatos a um dos maiores cargos do mundo.

Trump e Biden são hoje candidatos à liderança da maior economia do mundo.

Por um lado está Donald Trump, um dos maiores empresários do mundo. O seu percurso como empresário iniciou jovem, quando recebeu do seu pai o controlo da empresa da família, vocacionada para imóveis e construção. Durante a sua trajectória, construiu torres de escritório, hotéis, casinos e outras instalações com sua marca em todo o mundo.

Donald Trump foi alistado pela revista Forbes como a trecentésima vigésima quarta (324ª) pessoa mais rica do mundo e a centésima décima terceira (113ª) nos Estados Unidos, com um património líquido de 4,5 bilhões de dólares.

Depois de anos no mundo empresarial, Donald Trump decidiu, já na idade adulta, entrar para o mundo da política. Em 2000, o magnata recebeu nomeação do Partido Reformista para ser presidente da mesma formação política, mas retirou a candidatura antes do início da votação.

Anos depois, Donald Trump anunciou sua candidatura para à presidência dos Estados Unidos da América como republicano. Rapidamente, emergiu como o favorito para a nomeação do seu partido. Volvidos alguns anos, foi formalmente nomeado candidato à presidente na Convenção Nacional Republicana e, finalmente, em 2016, Donald Trump foi eleito presidente do país com uma das democracias mais consolidadas do mundo.

As posições políticas de Trump são amplamente descritas pela media como populistas. Ele próprio descreveu as suas posições políticas de várias formas, muitas vezes contraditórias ao longo do tempo. Uma vez, Trump afirmou: “eu evoluí em muitas questões. Há algumas questões que são muito iguais, eu tenho sido constante em muitas questões, mas evoluí em certos assuntos”.

Por outro lado, está Joe Biden, político nato, que iniciou a sua carreira política ainda muito jovem. Joe Biden tornou-se no sexto senador mais jovem da história norte-americana, com 30 anos de idade.

Um ano depois, Joe Biden foi escolhido como o candidato a vice-presidente pelo senador Barack Obama. Ele supervisionou os gastos em infra-estrutura destinados a conter a grande recessão e ajudou a formular a política norte-americana em relação ao Iraque até à retirada das tropas naquele país em 2011.

Depois de encerrar seu segundo mandato como vice-presidente, Joe Biden juntou-se ao corpo docente da Universidade da Pensilvânia, onde foi designado docente. Ao longo de 2019, liderou as pesquisas de opinião contra os seus rivais democratas e foi amplamente considerado o favorito para ganhar indicações do partido.

Joe Biden foi caracterizado como um democrata moderado. Entre suas posições políticas, apoiou o défice público como forma de estímulo fiscal no rescaldo da grande recessão de 2009, o aumento dos gastos com infra-estrutura proposto pelo governo Obama, o transporte em massa (ônibus e metrô), o casamento entre pessoas do mesmo sexo e a descriminalização da cannabis sativa, vulgo soruma.

Apesar dos dois candidatos possuírem longo percurso histórico, tornam-se adversários pela primeira vez na corrida à Casa Branca. Tanto o republicano Trump, com 74 anos de idade, como democrata Biden, de 77 anos de idade, pode tornar-se presidente dos Estados Unidos de América, o mais velho na história do país.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos