O País – A verdade como notícia

Pequenos Libombos abertos para descarregar mais volume de água

Foto: O País

A Barragem dos Pequenos Libombos, com capacidade de encaixe de 400 milhões de metros cúbicos de água por segundo, está, neste momento, com 350,74 milhões de metros cúbicos. E, nos próximos três dias, vai libertar 120 metros cúbicos, muito antes da fase de pico, o que pode agravar o transbordo do rio Umbeluzi e inundar mais áreas.

São dois rios na Província de Maputo que nascem no estrangeiro, o Rio Maputo nasce na África do Sul e o Umbeluzi no Reino de ESwatini e é da terra dos swatis que está a vir tanta água, que depois é encaixada e armazenada na barragem dos Pequenos Libombos, que já está no limite da sua capacidade de armazenamento. Na manhã desta segunda-feira, foi possível ver o momento das descargas.

Jaime Timba, director da Barragem, que conduziu uma visita guiada àquela infra-estrutura, explicou que a Barragem situada no país vizinho já está acima da sua capacidade de encaixe por isso está a drenar a água para Moçambique, através da Albufeira dos Pequenos Libombos e esta, por sua vez, tem que fazer descargas.

“Hoje, incrementamos as descargas dos 60 metros cúbicos por segundo que vínhamos efectuando para 120 metros cúbicos por segundo, com uma duração de 72 horas. O objectivo é a criação de uma capacidade de encaixe na Albufeira dos Pequenos Libombos”, disse Jaime Timba.

E com este nível de encaixe, a Barragem dos Pequenos Libombos terá água para a região do Grande Maputo, para os próximos três anos, e será possível evitar a crise que se viveu no passado.

“Certamente a Albufeira dos Pequenos Libombos, olhando para as actividades que a barragem dispõe do recurso, na sua máxima capacidade significa que tanto a agricultura, como o abastecimento de água a Cidade de Maputo está fora da crise nos próximos três a quatro anos”, prosseguiu a fonte.

Espera-se que depois dos três dias, a barragem volte a descargas na ordem de 50 a 60 metros cúbicos de água por segundo.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos