O País – A verdade como notícia

Pensionistas e trabalhadores por conta própria beneficiam-se de apoio do INSS

Foto: O Pais

Cinco pensionistas e um grupo de trabalhadores por conta própria (TCP), na sua maioria pescadores, baseados na cidade da Beira e nos distritos de Dondo e Búzi, beneficiaram-se, nos dias 01 e 02 de Setembro, do ano em curso, de um apoio proveniente do Instituto Nacional de Segurança Social (INSS), constituído por bens diversos, no âmbito do Programa de Acção Sanitária e Social desenvolvido por esta instituição.

A entrega do apoio aconteceu numa cerimónia presidida pela ministra do Trabalho e Segurança Social, Margarida Adamugy Talapa, e que contou, igualmente, com a presença da secretária de Estado na província de Sofala, Stela Pinto Zeca.

Aos pensionistas de invalidez e sobrevivência da cidade da Beira, a governante ofereceu cinco cadeiras de roda, bem como cabazes de produtos alimentícios. Já no distrito de Búzi, a ministra do Trabalho e Segurança Social ofereceu 10 congeladores e 10 malas frigoríficas a um grupo de pescadores inscritos no sistema de segurança social, como trabalhadores por conta própria, com o objectivo de reforçar a capacidade de conservação do seu produto e, assim, garantir a produção de renda, com a comercialização do mesmo. As mesmas quantidades de congeladores e malas frigoríficas foram entregues aos pescadores da Beira, inscritos como trabalhadores por conta própria no sistema de segurança social.

Margarida Talapa, dirigindo-se aos abrangidos, destacou a importância que o Governo está a dar a estes grupos sociais, sublinhando a pertinência de os cidadãos estarem inscritos no sistema de segurança social, tendo em vista o seu futuro social, ao mesmo tempo em que exortou os beneficiários a fazerem o bom uso dos bens recebidos, de forma a continuarem, por um lado, a ter uma vida de qualidade e, por outro, a garantir a sustentabilidade dos seus negócios, que são a base para o pagamento das suas contribuições ao Sistema de Segurança Social.

No distrito de Búzi, a ministra do Trabalho e Segurança Social, interagindo com os trabalhadores por conta própria, não só destacou a importância de estar inscrito na segurança social, mas, principalmente, a canalização das contribuições ao INSS, de forma regular, porque só assim é que se adquire o direito de usufruir os benefícios que o sistema oferece aos inscritos e os seus familiares ou dependentes.

No quadro da visita que efectuou à província de Sofala, esta semana, a ministra Margarida Adamugy Talapa, igualmente, ofereceu ao Governo provincial diverso material de higiene, no âmbito da prevenção e combate à COVID-19, constituído, nomeadamente, por 400 baldes com torneira, 24 caixas de máscaras descartáveis, 1.200 máscaras de pano, 50 caixas de lixívia, 400 garrafas de álcool em gel e 200 caixas de sabão.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos