O País – A verdade como notícia

Pelo menos 18 mortos em ataques a aldeias no noroeste da RD Congo

Pelo menos 18 pessoas morreram, hoje, na sequência de um ataque perpetrado por rebeldes ugandeses das Forças Democráticas Aliadas, no noroeste da República Democrática do Congo (RD Congo), confirmam fontes da sociedade civil e do exército.

Segundo o Notícias ao Minuto, este grupo miliciano baleou sete pessoas, na aldeia de Mutotoli, e outras seis foram mortas na aldeia de Kilingwa – as duas localidades pertencem à região de Beni.

Outros cinco cadáveres foram encontrados em Lobokiro, enquanto as autoridades procuravam sobreviventes dos ataques.

“Reconhecemo-los. Utilizaram machados para cometer os crimes. É este o seu método. Os militares vieram, mas chegaram muito depois”, disse à agência espanhola Efe o presidente da sociedade civil de Beni, Kizito Bin Hango, por telefone.

O responsável explicou que os rebeldes se tinham misturado com a população e esperaram até ao cair da noite para cometer os homicídios.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos