O País – A verdade como notícia

Pela segunda vez consecutiva… Trinta Zero Nove é finalista na Feira do Livro de Londres

A editora moçambicana Trinta Zero Nove é finalista dos Prémios Excelência da Feira Internacional do Livro de Londres 2021, o que acontece pela segunda vez consecutiva.

De Inglaterra chegou, uma vez mais, boa novidade para Trinta Zero Nove. A editora moçambicana é uma das finalistas dos Prémios Excelência da Feira Internacional do Livro de Londres 2021, com 15 países representados de cinco continentes.

Segundo avança a editora, os prémios, realizados em parceria com a Associação de Editores e agora no seu oitavo ano, celebram o sucesso editorial em sete categorias, reconhecendo as organizações e indivíduos que demonstram notável originalidade, criatividade e inovação dentro da indústria. A lista de finalistas para cada categoria de prémios foi seleccionada por um painel de júri composto por especialistas do sector. Quatro organizações foram pré-seleccionadas e concorrem para o Prémio para Iniciativa de Tradução Literária este ano, designadamente, Editora Trinta Zero Nove (Moçambique), Elizabeth Kostova Foundation (Bulgária), Tender Leaves Translation (Singapura) e Uebersetzen (Alemanha).

Como é óbvio, Sandra Tamele, fundadora da Trinta Zero Nove, reconhece estar entusiasmada por receber a notícia de que a sua editora foi seleccionada para o Prémio Iniciativa de Tradução Literária dos Prémios de Excelência Internacional da Feira do Livro de Londres 2021. “Sendo uma micro-editora moçambicana, é uma imensa honra ter os nossos esforços reconhecidos pelo maior evento global para escritores e editores. A exposição resultante desta nomeação pela Feira do Livro de Londres terá um grande impacto na visibilidade da iniciativa tanto no país como no estrangeiro e poderá resultar em novas parcerias para aumentar a escala da iniciativa”, prevê a tradutora e intérprete.

Sobre os finalistas do concurso inglês, Andy Ventris, Director da Feira do Livro de Londres, afirmou o seguinte: “É inspirador ver o incrível trabalho feito pelos finalistas dos Prémios de Excelência da Feira Internacional do Livro de Londres 2021 num ano difícil para todas as facetas da indústria editorial. Enfrentando obstáculos sem precedentes com determinação e criatividade, estes quinze candidatos demonstram a paixão que alimenta a indústria editorial em todo o mundo. Os livros têm sido um refúgio especial para muitos de nós nos últimos tempos, e temos a honra de celebrar o papel que os nossos finalistas têm desempenhado para levar a leitura e o conhecimento às suas comunidades e para além delas”, lê-se na nota da Trinta Zero Nove sobre o evento.

Em Moçambique, Sandra Tamele criou o Concurso de Tradução Literária, em Julho de 2015. A iniciativa insere-se na Política de Responsabilidade Social da sua micro-empresa, SM Traduções, e acontece todos os anos de 1 de Julho a 30 de Setembro, data estabelecida pela UNESCO como Dia Internacional da Tradução, para comemorar a vida e obra de São Gerónimo, tradutora da primeira versão da Bíblia Sagrada em latim e padroeiro dos tradutores, lembra em comunicado de imprensa a editora Trinta Zero Nove.

Esta é a segunda vez consecutiva que a editora moçambicana é finalista nos Prémios Excelência da Feira do Livro de Londres.

 

 

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos