O País – A verdade como notícia

PCA dos CFM diz que clientes não estão em falta com os pagamentos

O Presidente do Conselho de Administração da empresa ferro-portuária, Miguel Matabel, esclarece que a dívida que os clientes têm com os CFM não é problemática, porque ainda não venceu o período de pagamento dos serviços prestados, e referi que a dívida de 60 milhões de dólares, que o ministro Carlos Mesquita se referiu, há uma semana, já é de 33 milhões de dólares.

O PCA explica que os pagamentos demorados estão previstos nos contratos.

Matabel avança ainda que a informação disponibilizada por Carlos Mesquita foi baseada num relatório entregue ao Ministério dos Transportes e Comunicações, no dia 15 de Janeiro de 2018, e que a realidade actual é outra.
A dívida aos CFM deverá estar a níveis mais baixos ainda no final de Março próximo.

Neste momento, os CFM contam com 20 clientes de grande dimensão e outros 100 de pequena dimensão, entre concessionários e beneficiários de operações ferro-portuárias.    

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos