O País – A verdade como notícia

Paulo Oliveira não termina 11ª etapa e fica mais longe do top-100

A etapa desta quinta-feira do Rally Dakar não foi das melhores para o piloto moçambicano, Paulo Oliveira. É que Oliveira não chegou ao final da etapa, tendo feito apenas os primeiros 127 quilómetros, dos 501 que faziam parte do percurso feito em Bisha.

Paulo Oliveira tinha como objectivo, nesta sua estreia no Rally Dakar, terminar todas as etapas e chegar ao final da competição no grupo dos 100 melhores pilotos do mundo, mas uma situação ainda não explicada acabou com o sonho do piloto, que assim perdeu a sua posição no top-100 da classificação geral da prova.

Ainda assim, Paulo Oliveira tem mais uma oportunidade, esta sexta-feira, quando entrar para a última etapa, a 12ª, que liga Bisha a Jeddah, numa extensão de 680 quilómetros.

Com esta desistência na penúltima etapa, o piloto moçambicano fica a muitas horas de distância da liderança, agora entregue ao britânico Sam Sunderland, que percorreu todas etapas em 37 horas, 04 minutos e 05 segundos.

O candidato ao título final, o chileno Pablo Quintanilha, está na segunda posição com menos seis minutos que o líder, ou seja, 37 horas, 10 minutos e 57 segundos, e com desvantagem de um minuto devido a uma penalização que teve na etapa desta quinta-feira.

Os vencedores do Rally Dakar em todas categorias, motas, carros e camiões, serão conhecidos esta sexta-feira.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos