O País – A verdade como notícia

Paulo Oliveira conquista bronze no mundial de Baja de Portalegre

Fotos: O País

O piloto moçambicano de rally todo-o-terreno, Paulo Oliveira, conquistou a medalha de bronze na fase final do campeonato mundial de bajas, que teve lugar no Alentejo, em Portugal, denominado “Baja Portalegre 500”.

Paulo Oliveira, que partiu na segunda posição da tabela classificativa na grande final, teve um pequeno deslize ao sair da pista no segundo dia das provas, o que terá concorrido para que não chegasse ao topo da classificação final.

Ainda assim nada que tirasse a alegria do piloto moçambicano, que mesmo reconhecendo que o objectivo era o primeiro lugar, fica satisfeito com o bronze.

“Começámos a corrida com um 2º lugar, no campeonato do mundo, e o nosso principal objectivo era chegar ao primeiro lugar”, começou por dizer, para depois lamentar o facto de “no primeiro dia, estivemos perto e acabámos em segundo. No segundo dia, tivemos uma saída da pista que nos fez perder muito tempo e ficámos um pouco maltratados, sendo que tivemos de gerir até ao final da corrida”. Entretanto, “levamos para casa uma medalha de bronze, o que acaba sendo muito positivo”, reconheceu Paulo Oliveira.

A “Baja Portalegre 500”, prova na qual Paulo Oliveira conquistou a medalha de bronze, faz parte da Taça do Mundo de Rally Todo-o-Terreno da Federação Internacional do Automóvel, mas também da Taça do Mundo de Bajas em moto.

Conquistas à parte, o próximo passo para Paulo Oliveira é o Mundial de Rally Todo-o-Terreno, Dakar 2022, que terá lugar na Arábia Saudita. Uma competição que terá lugar em Dezembro, tempo suficiente para preparar a sua participação.

“Para já, continuaremos a trabalhar para o Dakar. Faltam dois meses para aquela que é a prova rainha do motociclismo e automobilismo, a ser disputada na Arábia Saudita, para qual viajamos já em Dezembro”, projectou Oliveira que coloca como meta os lugares do pódio.

Para a sua participação nestas competições internacionais, o piloto conta o apoio de várias empresas nacionais públicas e privadas, bem como a Secretaria de Estado do Desporto, a Federação Moçambicana de Automobilismo e Motociclismo (FMAM) e ATCM.

Recorde-se que recentemente o piloto moçambicano foi homenageado pelo Conselho Municipal de Maputo, pela sua entrega ao desporto motorizado e pelo facto de contribuir para a projecção do nome de Moçambique a nível mundial.

Paulo Oliveira tem uma vasta experiência em provas internacionais de motorizadas, que inclui participações em países como Marrocos, Jordânia, Portugal, Espanha, Qatar, entre outros.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos