O País – A verdade como notícia

Parlamento presta minuto de silêncio às vítimas dos desastres naturais no centro do país

A Assembleia da República (AR) observou, esta quarta-feira, um minuto de silêncio em memória às 468 pessoas que morreram na região centro do país, em consequência do ciclone Idai e das inundações.

Na semana passada, alguns membros das três bancadas parlamentares visitaram as zonas devastadas pelos desastres naturais. A presidente da AR, Verónica Macamo, disse, na qualidade de chefe da equipa, que o que se viu na cidade da Beira e no distrito do Búzi, por exemplo, foi "dramático e penoso".

A passagem da depressão tropical Idai, na noite de 14 de Março em curso, transformou Beira numa ilha. A urbe "ficou isolada" em resultado da destruição de estradas e do blackout dos serviços de comunicação.

Verónica Macamo falava em sede do Parlamento, antes do início da apresentação e apreciação, na generalidade, da Proposta de Lei de Organização e Funcionamento do Órgão Executivo de Governação Descentralizada Provincial e da Lei de Tutela do Estado sobre os Órgãos de Governação Descentralizada Provinciais e das Autarquias Locais.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos