O País – A verdade como notícia

Papa Francisco encoraja jovens a não se resignarem

Durante cerca de 20 minutos, o Papa Francisco falou aos jovens que lotavam o pavilhão do Maxaquene, para o encontro inter-religioso, que juntou representantes das diversas confissões religiosas que operam no país.

Num discurso directo, linguagem simples e com linguagens desportivas pelo meio, o Santo Padre deixou várias mensagens de inspiração para os jovens.

Destacou a "alegria de viver" como características dos jovens moçambicanos e aconselhou-os a não se deixarem desviar por situações que os podem fragilizar.

"Devem-se acautelar de duas atitudes que matam o sonho da esperança" alertou, apontando para "a resignação e a ansiedade".

"Quando as dificuldades sociais não encontram respostas, não é bom darmo-nos por vencidos" aconselhou, apontando os exemplos do futebolista Eusébio da Silva Ferreira e Lurdes Mutola, como exemplos que devem inspirar, pela capacidade que tiveram para superar as adversidades nas suas carreiras.

O líder da Igreja Católica defende ainda que os jovens devem fazer o seu caminho, "com liberdade, entusiasmo e criatividade" contudo, respeitando e ouvindo a voz dos mais velhos, com destaque para os idosos, que não devem ser abandonados.

Por outro lado, encoraja a juventude a contribuir para a solução dos problemas do país, e, acima de tudo, que não permitam que "vos roubem a alegria"

"Alegria de viver é uma das vossas características, capaz de desmentir todos aqueles que vos querem dividir" disse, deixando um conselho: "Estejam em alerta".
 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos