O País – A verdade como notícia

Papa diz que confrontaria Trump sobre muro na fronteira

Em uma entrevista abrangente à rede mexicana Televisa, exibida nesta terça-feira, o papa Francisco afirmou que está disposto a dizer ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em pessoa que é errado construir muros nas fronteiras, e pareceu alertá-lo a não retomar uma política de separação de famílias.

Francisco, que já se chocou com Trump em temas ligados à imigração, debateu a situação na fronteira EUA-México com Valentina Alazraki, repórter veterana do Vaticano que é mexicana.

Indagado se diria a Trump a mesma coisa face a face se o presidente estivesse sentado diante dele, Francisco respondeu: "O mesmo. O mesmo porque o digo publicamente… eu até disse que aqueles que constroem muros acabam sendo prisioneiros dos muros que constroem".

"Não sei o que está acontecendo com esta nova cultura de defender territórios construindo muros. Já conhecemos um, aquele em Berlim, que trouxe tantas dores de cabeça e tanto sofrimento", disse.

Trump, que se encontrou com o papa no Vaticano em 2017, disse que o muro é necessário para lidar com uma crise de drogas e crimes que atravessa a fronteira dos EUA e se chocou com a Câmara dos Deputados, comandada pelos democratas, e com alguns juízes sobre a maneira de financiá-lo.

No ano passado, Francisco criticou a diretriz do governo Trump de separar filhos e pais que atravessaram ilegalmente a fronteira EUA-México, que Trump reverteu mais tarde devido à revolta generalizada.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos