O País – A verdade como notícia

“PANCHO: Outras formas e olhares” em exposição na ilha dos poetas

Na cidade de Maputo, a exposição “PANCHO: Outras formas e olhares”, de Sónia Sultuane e Jorge Dias, esteve aberta ao público em dois locais, designadamente: Museu Nacional de Arte e Auditório do BCI. Agora, chegou a vez de a ilha dos poetas, a Ilha de Moçambique, em Nampula, receber uma obra que é um tributo a Pancho Guedes, importante arquitecto que deixou a sua marca em Moçambique.

No Norte do país, a cerimónia de inauguração de “PANCHO: Outras formas e olhares” vai acontecer esta terça-feira, na Mediateca do BCI, na Ilha de Moçambique. De acordo com a nota do BCI, mostra de Sultuane e Dias insere-se nas celebrações dos 201 anos da Cidade da Ilha de Moçambique, onde um dia esteve a primeira capital moçambicana.

“PANCHO: Outras formas e olhares” conta com o patrocínio do BCI, em parceria com a UniLúrio e a Villa Sands, e é uma abordagem que os dois artistas fazem sobre a obra arquitectónica e artística do arquitecto Pancho Guedes.

Nesta exposição, Sónia Sultuane apresenta um conjunto de trabalhos feitos com diferentes materiais, tais como contraplacado, azulejos, madeira, pintura e vidro, descodificando as formas arquitectónicas de Pancho Guedes. Já Jorge Dias apresenta uma instalação com diferentes materiais, num processo acumulativo de formas e pequenas peças de artesanato, onde o tema central é a abordagem artística de Pancho.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos