O País – A verdade como notícia

Países felicitam Moçambique pelo 45º aniversário da independência

China, Rússia, Índia, Hungria, Egipto e Botswana felicitaram Moçambique pelo quadragésimo quinto aniversário da independência, efeméride celebrada hoje

 

Através da mensagem enviada ao seu homólogo Filipe Nyusi, o Presidente chinês, Xi Jinping, disse que “a amizade sino-moçambicana” está enraizada. Desde o surto da pandemia da COVID-19, as duas partes têm lutado com solidariedade de mãos dadas, demonstrando a fraternidade indestrutível”.

“Valorizo altamente o desenvolvimento das relações entre a China e Moçambique, estou disposto a envidar esforços junto com Vossa Excelência, aproveitando a oportunidade do 45º Aniversário da relação diplomática sino-moçambicana, para aprofundar a cooperação amigável e mutuamente benéfica em todos os campos, e promover a Parceria de Cooperação Estratégica Global entre a China e Moçambique para novos patamares, beneficiando os dois países e os dois povos”, lê-se na mensagem do Presidente Xi Jinping, segundo uma nota a que “O País” teve acesso.

Na mensagem do Presidente russo, Vladimir Putin, realça-se que “a cooperação russo-moçambicana está a progredir com sucesso, o que comprovou plenamente as nossas conversações em Moscovo no ano passado. Estou seguro que com base em resultados atingidos poderemos assegurar a construtiva intensificação ulterior dos laços bilaterais em diversas esferas. Isto corresponde cabalmente aos interesses dos nossos povos amigos, contribui para o reforço da estabilidade e segurança no continente africano”.

Por seu turno, o Presidente da Índia, Ram Nath Kovind, disse que o seu país e Moçambique têm uma rica tradição de cooperação aos níveis bilateral e multilateral.

“A nossa comunhão de interesses em assuntos internacionais proporciona-nos bases solidas para os nossos laços. A índia atribui grande importância a expansão ainda maior e aprofundamento e consolidação das relações com Moçambique”, diz a Presidência da República.

“Aproveito esta ocasião para reafirmar o nosso apoio aos esforços em curso no combate a pandemia da COVID-19, especialmente em África. Apraz-me informar que o Governo da Índia pode assegurar o fornecimento de medicamentos essenciais à Moçambique para apoiar os esforços de resposta a pandemia da COVID-19”, afirma o presidente indiano.

Ainda no âmbito das celebrações da independência nacional, o Presidente do Botswana, Mogkgweetsi Masisi saudou o seu homólogo Nyusi pelos grandes avanços e conquistas que o país continua a registar, sobretudo na implementação do Processo de Desarmamento, Desmobilização e Reintegração (DDR), ao abrigo do acordo de Paz e Reconciliação Nacional.

“Estou confiante que a Implementação do DDR, irá trazer paz duradoura, segurança e estabilidade, bem como o desenvolvimento sócio-económico, não só para o povo moçambicano como também para toda a região”, lê-se na mensagem do estadista twsana.

Já o Presidente egípcio, Abdel Fattah Al Sisi, refere que pelo 45º aniversário da independência de Moçambique, reafirma os laços de fraternidade e amizade que unem os dois países irmãos, reiterando o seu profundo interesse em promovê-los ainda mais e a todos os níveis para o bem-estar dos dois povos irmãos.

Ainda no âmbito da efeméride, o Presidente da República da Hungria, János Áder, disse que é seu desejo que as relações amistosas existentes entre os dois países sejam fortalecidas ainda mais para o benefício das duas nações. Reiterou os seus votos de boa saúde para Filipe Nyusi, progresso e prosperidade para o povo moçambicano.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos