O País – A verdade como notícia

País quer recorde na produção da castanha de cajú

O Primeiro-Ministro (PM), Carlos Agostinho do Rosário, afirma que Moçambique deverá, a breve trecho, atingir a cifra das 200 mil toneladas de castanha do caju, a avaliar pelo nível de investimentos em curso nesta área, escreve a AIM.

Segundo o PM, Nampula é uma das províncias que se destaca na caminhada rumo a este “nível histórico de produção de castanha do caju”.
Carlos Agostinho do Rosário falava a jornalistas em pleno campo de produção intensiva de cajueiros de Nassuruma, distrito de Meconta, no âmbito da visita de trabalho que efectou a Nampula, de 11 a 14 do corrente mês.

Actualmente, o país produz cerca de 137 mil toneladas de castanha do caju. A província de Nampula contribui com 60 mil toneladas.

O viveiro de Nassuruma, que pertencente ao Instituto de Fomento do Caju (INCAJU), tem como um dos focos a produção de mudas de cajueiro. Na presente campanha 2016/17, foram já produzidas 799 mil mudas enxertadas.

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos