O País – A verdade como notícia

Ossufo Momade responsabiliza Frelimo pelo incêndio à casa da mãe de Manuel de Araújo

O candidato presidencial da Renamo, Ossufo Momade, responsabilizou a Frelimo, hoje, pelo incêndio à casa da mãe do cabeça-de-lista da Zambézia, Manuel de Araújo. Momade disse que o partido no poder pretende desmoralizar a “perdiz” de fazer parte da campanha eleitoral para as eleições de 15 de Outubro.

Ossufo Momade considerou que o incêndio à casa da mãe de Manuel de Araújo é parte de uma velha artimanha da Frelimo para enfraquecer a Renamo.

Aconteceu o mesmo com o falecido líder Afonso Dhlakama, “em Zimpinga, quando saía de Chimoio”, província de Manica.

À data dos factos, a Frelimo acusou publicamente a Renamo de ter tentado assassinar o próprio líder. “Hoje a mesma Frelimo quer responsabilizar a Renamo pelo atentado à casa da mãe do nosso futuro governador. São eles que fazem tal prática. Eles (os da Frelimo) são maus, ouviram bem?", disse Ossufo à população que se fez em massa no comício por si orientado no campo da vila sede de Pebane.

"Nós não vamos recuar. Eles querem nos tirar a moral de continuarmos a trabalhar para colocarmos o nosso governador nesta província", afirmou Ossufo, cujo discurso foi em língua local, para passar a sua mensagem de “caça ao voto” ao eleitorado daquele ponto de de Pebane.

O candidato voltou a prometer melhorar a educação, agricultura e outros sectores se for eleito Presidente da República no dia 15 de Outubro.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos