O País – A verdade como notícia

Os “caminhos-de-ferro” para a escola

O Comboio é um meio de transporte tão antigo quanto importante, mas em Inhambane, muitos ainda não tiveram a oportunidade de ver.

É o caso de alguns estudantes da Escola Secundária SOS ma cidade de Inhambane que foram ouvidos pelo “O Pais” que afirmaram desde que nasceram nunca viram um comboio em circulação.

Aliás, há quem já viu, mas foi na verdade na televisão, quer seja em filme, num documentário ou noticiário televisivo.

O comboio é para esses estudantes e muitos outros, coisa de cinema, mas pelo menos conhecem a importância deste meio de transporte.

“Sei que o comboio foi o primeiro transporte de pessoas porque na altura não havia autocarro” disse um do estudantes ouvido pelo “O Pais” e outro acrescentou que o comboio servia na altura para carregar coisas pesadas de um lugar para outro.

É com o objectivo de fazer conhecer os mais novos sobre o transporte ferroviário e sua história em Inhambane que o Museu Regional de Inhambane em parceria com a Empresa Caminhos de Ferros de Moçambique que estudantes de várias escolas estiveram a revisitar a história, de modo a que elas conheçam a origem e a importância do comboio.

O encontro foi no âmbito do dia dos museus, mas o museu irá as escolas, para levar o comboio, ou melhor a sua história aos mais novos, através do programa “o Museu vai ás Escolas” liderado pelo CFM.

A exposição do Museu dos Caminhos de Ferro de Moçambique está patente em Inhambane no edifício daquela empresa e pode ser visitada a qualquer dia, a qualquer hora.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos