O País – A verdade como notícia

Oposição insatisfeita com desempenho do Governo

O Governo esteve desde ontem na Assembleia da República, para prestar contas do seu desempenho aos parlamentares. Os deputados da oposição não ficaram satisfeitos com as respostas, e dedicaram a sessão de hoje para perguntas de insistência.

Na sessão, onde as críticas superaram as perguntas de insistência, os deputados, sobretudo da oposição, mostraram-se preocupados com a alegada má prestação dos serviços públicos. Para a Renamo, um dos pontos mais críticos é a degradação do sistema de saúde do povo, devido a inoperância do Governo.

“Senhora ministra da Saúde, apelamos a que escute as nossas intervenções de forma proactiva e não reactiva, porque estamos a constatar a existência de uma institucionalização da má gestão instalada no Ministério da Saúde”, referiu o deputado Ivan Mazanga, para depois discordar da ministra da Saúde ao referir que as farmácias tinham medicamentos suficientes. “Não há medicamentos básicos nas farmácias”.  

Por sua vez, o MDM considera que mais do que o sistema de saúde, o problema é no geral o próprio governo.

“O que perturba os moçambicanos não são as calamidades naturais, mas as calamidades artificiais…a grande calamidade de hoje é uma doença crónica de que padecemos há quatro décadas; um síndrome de imunodeficiência governativa…essa doença crónica tem um nome e o nome é governo da Frelimo”, criticou Venâncio Mondlane.

A Frelimo, por seu turno, enalteceu os esforços do Governo e considera que todas dificuldades estão a ser superadas.

“A Frelimo introduziu várias reformas no país, a todos os níveis”, referiu Caifadine Manasse, deputado do partido no poder.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos