O País – A verdade como notícia

“Operação” Guiné-Bissau: “Mambas” começam a preparar “veneno”

Serão ao todo 27 jogadores que vão estar sob direção de Abel Xavier e seus pares, a partir desta segunda-feira, para preparar o embate diante dos “Djurtus”, próximo sábado, às 17H00, no Estádio Nacional do Zimpeto, de qualificação ao Campeonato Africano das Nações, que terá lugar nos Camarões, em Junho de 2019. Pese embora os jogadores da União Desportiva de Songo, nomeadamente Leonel e Kambala só se juntem na terça-feira em virtude da sua equipa ter ainda um jogo por disputar, na segunda-feira, no seu campo, diante do Ferroviário de Nampula, a contar para a 24ª jornada do Moçambola, os restantes jogadores vão se concentrar a partir das 12h00 de segunda-feira, numa estância hoteleira da cidade da Matola, para depois, mais logo, iniciarem os trabalhos.

Ao todo, espera-se que até os que jogam além-fronteiras já estejam às ordens de Abel Xavier e seus pares, tendo em conta que os seus jogos nos campeonatos locais decorreram no final de semana. Aliás, a concentração foi marcada para esta segunda-feira mesmo para permitir que os jogadores que jogam fora do país possam se juntar aos que actuam intramuros, para de uma vez iniciarem juntos os trabalhos de preparação.
 
“INTERNACIONAIS” MAIS RODADOS
Dos jogadores ora chamados por Abel Xavier para compor a pré-convocatória, quase todos os jogadores estiveram em acção neste final de semana, exceptuando os que se encontram com algumas mazelas e foram poupados, mesmo com intuito de dar-lhes oportunidade de fazerem parte dos trabalhos da selecção nacional.

Dos “internacionais”, destaque vai para Mexer, Zainadine, Clésio, Reginaldo e Witi, que tem sido titulares nos seus clubes, bem como Geraldo e Gildo, no Amora, que vão dando o ar da sua graça. Reinildo também vem mostrando seus dotes, o que faz com que sejam os mais próximos da convocatória final e, quiçá, da titularidade no jogo de sábado.

Mas há que referenciar Stanley Ratifo, jogador que deu a vitória de Moçambique diante da Zâmbia, em Junho do ano passado, na jornada inaugural desta campanha rumo ao CAN-2019.

Para já, e tendo em conta que os jogadores estiveram em acção nos respectivos clubes, a equipa técnica vai priorizar o treino para a recuperação física, devendo na terça-feira, já com a integração de todos os jogadores, iniciar os trabalhos nos aspectos técnicos-tácticos, privilegiando o ataque, como forma de marcar muitos golos, sem descurar da defensiva, para não permitir surpresas.

Aliás, foi mesmo pensando da vitória que Abel Xavier chamou 12 jogadores da zona ofensiva, mas que podem, alguns, jogar na intermediária, onde foram chamados apenas quatro jogadores. O sector defensivo é outro onde foram chamados muitos jogadores, num total de sete, complementando com os três guarda-redes que vão procurar um lugar para defender a baliza da equipa de todos nós.

Para já, referir que a selecção nacional da Guiné-Bissau chega a Maputo na próxima quarta-feira, devendo realizar um treino normal na quinta-feira, e na sexta-feira o treino de adaptação, à hora do jogo, que será no sábado, quando forem 17h00.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos