O País – A verdade como notícia

ONU preocupada com terrorismo em Cabo Delgado

Foto: Time Magazine

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, diz que a província de Cabo Delgado, no norte do país, tornou-se “emblemática da influência do Estado Islâmico em África” e exige prioridade na abordagem antiterrorista regional.

O posicionamento de Guterres foi expresso num relatório ontem divulgado sob consulta no Conselho de Segurança, segundo avança a Angop.

“No norte de Moçambique, a província de Cabo Delgado tornou-se em Março de 2021 emblemática da influência do Estado Islâmico em África, na sequência da breve ocupação de Palma por um grupo afiliado, perto de um grande projecto de gás liderado por uma empresa multinacional”, lê-se num relatório da organização citado pela Angop.

Segundo António Guterres, os conflitos em Cabo Delgado, vistos a longo prazo, podem ter implicações na consolidação da paz e segurança regional e têm de ser “tratados através de uma abordagem regional coerente como uma questão prioritária”.

A ONU mostra-se preocupada com o facto de alguns dos afiliados do Estado Islâmico espalharem influência e actividades no continente africano, sendo que nos últimos seis meses, o desenvolvimento mais evidente foi a expansão do grupo em África, região onde o terrorismo provocou muitas mortes.

A província de Cabo Delgado é palco de ataques por grupos armados desde 2017.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos