O País – A verdade como notícia

ONU apela ao diálogo entre Presidente e primeiro-ministro da Somália

Foto: Observador

O Conselho de Segurança das Nações Unidas mostrou-se, ontem, preocupado com a crise política na Somália, resultante das divergências entre o Presidente e o primeiro-ministro. Situação esta que pode afectar o calendário eleitoral.

O estadista somaliano, Mohamed Abdullahi e seu primeiro-ministro, Mohamed Hussein Roble tiveram uma relação tensa durante vários meses. Os dois homens confrontaram-se duas vezes nos últimos dez dias, com despedimentos e nomeações para posições cruciais no aparelho de segurança.

O Conselho de Segurança das nações unidas exorta todas as partes interessadas a exercer contenção e salienta a importância de manter a paz, a segurança e a estabilidade na Somália.

Mostrando-se profundamente preocupado com a divergência entre as partes, o sector das Nações Unidas apela todas as partes a resolverem as suas diferenças através do diálogo e darem prioridade à realização pacífica de eleições transparentes, credíveis e inclusivas.

A declaração do Conselho de Segurança também incentiva o governo federal e aos estados membros federais a assegurar que quaisquer diferenças políticas não prejudiquem a ação unida contra os grupos jihadistas que operam na Somália.

O episódio conflituoso acontece numa altura em que a Somália está confrontada com um impasse eleitoral e uma insurreição rebelde.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos