O País – A verdade como notícia

OMS prevê que 100 mil pessoas vão morrer em todo o mundo até ao final dos Jogos Olímpicos

O Director-geral da Organização Mundial da Saúde, Tedros Adhanom, discursou esta madrugada perante o Comité Olímpico para, entre outros temas, lembrar que a pandemia não acabou, que é um teste e que o mundo está a falhar.

De acordo com Tedros Adhanom, entre o presente momento e o final dos Jogos Olímpicos, competição que vai decorrer entre 23 de Julho e 8 de Agosto, morrerão em todo o mundo 100.000 pessoas, escreve o Observador.

“Mais de quatro milhões de pessoas morreram e mais continuam a morrer. Só este ano, o número de mortes é mais do que o dobro do total do ano passado”, disse, citado pela Sky News.

“No tempo que levo a fazer estas observações, mais de 100 pessoas perderam suas vidas para a COVID-19. E quando a chama olímpica for extinta a 8 de Agosto, mais de 100.000 pessoas morrerão”, alertou o Director-geral da OMS.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos