O País – A verdade como notícia

OMS pede mais ensaios clínicos de vacinas e medicamentos contra COVID-19

A Organização Mundial de Saúde (OMS) pediu, hoje, a intensificação de ensaios clínicos de vacinas e outros medicamentos contra a COVID-19.

O apelo foi feito no início de um fórum que junta, virtualmente, mais de 1.900 peritos convocados pela organização. “É essencial manter e promover mais as plataformas para ensaios clínicos de grande dimensão em todo o mundo”, defendeu o director-geral da OMS, Tedros Ghebreyesus.

Citado pelo Notícias ao Minuto, o director-geral destacou o aparecimento de novas variantes, o relaxamento “demasiado rápido” das medidas de prevenção e as desigualdades no acesso global às vacinas como factores de preocupação, numa situação pandémica que “continua grave”, apesar de duas semanas de descida do número de casos no mundo.

Por sua vez, a directora do Plano de Acção para a Investigação e Desenvolvimento, Ana Maria Henao-Restrepo, assinalou que, apesar de ter aumentado o conhecimento e os recursos para combater a COVID-19, “a pandemia ainda não acabou”, defendendo que, em futuras pandemias, os ensaios clínicos devem ser mais transparentes e que se comece logo a pensar como aumentar a capacidade de fabrico.

O sub-director do regulador norte-americano dos medicamentos, Philip Krause, acusou de falta de transparência o sector farmacêutico, afirmando que “nem todos os fabricantes de vacinas foram transparentes na informação sobre eficácia e segurança” dos seus produtos.

Krause também exigiu que os ensaios futuros analisem variantes do vírus que não foram, suficientemente, abrangidas pela investigação em vacinas, bem como os efeitos de intervalos maiores entre doses de vacinas.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos