O País – A verdade como notícia

OMS alerta para risco de propagação do ébola na RDC

A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera elevado o risco de propagação do Ébola na República Democrática do Congo (RDC), mas diz que o país está mais bem preparada que no passado para enfrentar o novo surto que foi detectado.

A razão deste alerta para o risco deve-se às fortes ligações da área afectada com a capital e os Estados vizinhos, justificou a OMS citada pelo Notícias ao Minuto.

“Há que ter cuidado. Mbandaka está muito ligada a Kinshasa. Há que estar alerta e ser vigilante”, disse em Genebra o director de Emergências Sanitárias da OMS, Michel Ryan.

O novo surto foi declarado este fim-de-semana e já matou duas pessoas. Mais de 140 pessoas consideradas como contactos, estão a ter seguimento epidemiológico na cidade de Mbandaka, capital da província do Equador, no noroeste do país.

Para Ibrahima Socé Fall, director adjunto da OMS para  as respostas a emergências, é preocupante que o Ébola tenha voltado a ser detectado em uma zona urbana e com uma elevada densidade demográfica.

Há risco de propagação através do rio para países como a República Centro-Africana ou a República do Congo (Brazaville). Por isso, estamos a trabalhar com as autoridades e a mobilizar as comunidades, para não perder nenhuma cadeia de transmissão”, acrescentou.

O director de Emergências Sanitárias da OMS sustentou que nesta ocasião as vacinas contra o Ébola estão em todo o país e que, em breve, vai começar a imunização dos grupos de maior risco.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos