O País – A verdade como notícia

OMS afirma que 2022 deve ser o ano de acabar com a pandemia

O ano de 2022 deve ser aquele em que se “coloca fim à pandemia”, sublinhou hoje o líder da Organização Mundial da Saúde (OMS), pedindo prudência nas festas.

“Estamos todos fartos desta pandemia. Todos queremos estar com as nossas famílias, mas para melhor as proteger e nos protegermos, em alguns casos, isso significa anular um evento”, declarou o director-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

Ao falar durante uma conferência de imprensa na ONU, em Genebra (Suíça), o responsável da OMS recomendou às famílias e às pessoas que tencionam estar juntas durante as festas de fim do ano para pensarem duas vezes:”Um evento cancelado é melhor do que viver menos”, disse.

Por outro lado, no próximo ano, “a OMS compromete-se a fazer tudo o que estiver ao seu alcance para acabar com a pandemia”, garantiu.

Numa altura em que Moçambique enfrenta a quarta vaga e a quinta vaga da pandemia da COVID atinge em força muitos países, e há o surgimento da variante Ómicron, o líder da OMS, declarou:”2022 deve ser o ano em que pomos fim à pandemia”.

Mais uma vez,Tedros Adhanom Ghebreyesus, apelou para um melhor acesso às vacinas em países desfavorecidos.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos