O País – A verdade como notícia

OJM reclama da falta de instituições de ensino superior públicas nas províncias e emprego para jovens

A Organização da Juventude Moçambicana (OJM) em Maputo, reclama da falta de instituições de ensino superior públicas nas províncias. A OJM diz, também, que a falta de emprego e o acesso à habitação são das grandes preocupações para os jovens.

O braço juvenil da Frelimo, OJM, apresentou estas preocupações na reunião da quarta sessão ordinária da organização, este sábado, na província de Maputo.

A sessão tinha como objectivo discutir a estratégia de campanha para as eleições autárquicas. Entretanto, foi uma ocasião que serviu para a OJM apresentar algumas das suas preocupações.

Na sua intervenção, o director dos transportes em Maputo, que falou em nome do Governo provincial, referiu que a OJM deve fazer parte da solução dos problemas da província. E deixou promessas de o executivo local atrair mais investimentos para garantir emprego aos jovens.

Na ocasião, foram apresentados pelo primeiro-secretário da Frelimo na província, os cabeças-de-lista que concorrem para Namaacha e Manhiça.

A quarta sessão ordinária da OJM, em Maputo, serviu igualmente para discutir o desempenho do secretariado neste 2018 e elaborar o plano de actividades para 2019.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos